Eish…. Q fdp de blog Porque as ideias são para partilhar

November 19, 2009

Vodafone TV – Um guia para p2p

Filed under: ISP's,P2P — xupetas @ 5:26 pm

Caros Amigos,

Como falamos anteriormente mudei para a Vodafone TV e só tenho coisas boas a dizer. Tudo seria perfeito não fosse aquela coisa que eles vendem no pacote fabricada pela Thompson.

Sim é um router, mas tanto como um carrinho de brincar é um automóvel.

Onde se notam mais as limitações é na capacidade de processamento. Processador fraco implica a limitações especialmente no numero de ligações que são artificialmente baixadas para um limite um pouco cómico nos dias de hoje: 1024 (entre TCP, UDP e tudo o que aquilo consiga digerir).

Este tipo de limitações são más, especialmente para quem usa muito UDP ou afins como por exemplo P2P.

Após andar a chafurdar dentro do router descobri algumas configurações que irão certamente vos aumentar a velocidade do P2P, sem saturar o equipamento e consequentemente ouvirem a mulher na sala a dizer que não consegue ver a novela.

Para tal, entrem no router por telnet ou ssh e coloquem as seguintes configurações:

:connection timerconfig timer=udpidle value=20

:connection timerconfig timer=udpkill value=15

no fim façam saveall para guardar as configurações.

O que é que isto faz? Como dá para compreender pelo inglês das configurações, atribui um valor máximo de 15 segundos para matar ligações udp que estejam penduradas e 20 segundos para matarem ligações que embora esteja activas estejam marcadas como idle.

Na pratica, fazem que o router purgue conexões que estejam a ocupar memória, e que não estejam a ser utilizadas.

FYI: por defeito as ligações estão configuradas num limite máximo de 1 hora.

Dando um exemplo prático:

SEM:

>:connection stats
Connection statistics:
——————————————-
Maximum number of connections             : 1024
Maximum number of halfopen connections    : 1024
——————————————-
Number of active connections              : 903
Number of halfopen connections            : 95
Number of expected connections            : 0
Number of loose connections               : 0
Number of closing connections             : 0
Number of idle connections                : 401
Number of mcast connections               : 5
——————————————-
Number of TCP connections                 : 61
Number of UDP connections                 : 865
Number of ICMP connections                : 3
Number of non TCP/UDP/ICMP connections    : 9
——————————————-
Number of TCP open connections            : 24
Number of TCP established connections     : 51
Number of TCP closing connections         : 86

Stream cache statistics:
——————————————-
Maximum number of hash collisions         : 756
% of hash entries with collisions         : 88.44
% of hash entries unused                  : 19.43

CONN/NAT application helper statistics:
——————————————-
Maximum number of helper bindings         : 24
Maximum number of connections with helper : 128
——————————————-
Number of helper bindings                 : 0
Number of connections with active helper  : 0

COM:

>:connection stats
Connection statistics:
——————————————-
Maximum number of connections             : 1024
Maximum number of halfopen connections    : 1024
——————————————-
Number of active connections              : 838
Number of halfopen connections            : 95
Number of expected connections            : 0
Number of loose connections               : 0
Number of closing connections             : 0
Number of idle connections                : 401
Number of mcast connections               : 5
——————————————-
Number of TCP connections                 : 461
Number of UDP connections                 : 365
Number of ICMP connections                : 3
Number of non TCP/UDP/ICMP connections    : 9
——————————————-
Number of TCP open connections            : 24
Number of TCP established connections     : 251
Number of TCP closing connections         : 186

Stream cache statistics:
——————————————-
Maximum number of hash collisions         : 7
% of hash entries with collisions         : 48.44
% of hash entries unused                  : 19.43

CONN/NAT application helper statistics:
——————————————-
Maximum number of helper bindings         : 24
Maximum number of connections with helper : 128
——————————————-
Number of helper bindings                 : 0
Number of connections with active helper  : 0

Lembrem-se que o caso do P2P as ligações UDP são apenas utilizadas para querys de quem tem o que. Não são necessárias para a transferência propriamente dita de ficheiros. Isto é feito por TCP. Assim sendo não faz sentido as conexões UDP  estarem activas tanto tempo.

Caso a coisa não corra como vocês querem ou notem algum problema com outra aplicação que utilizem podem sempre efectuar reset as configs através do comando:

:connection timerconfig timerclear

saveall

Isto fará que seja efectuado o dito reset as configs de timer.
Resta-me despedir de todos lembrando que o P2P não é mau. O que sacam com ele é que é mau. Existe muita coisa legal, que podem descarregar sem problemas legais.

Um abraço

Xupetas

Update 1:

Descobri mais um mamão de CPU e memória no router. O sistema que controla o hostmanager.

Este processo procura nas ligações que se encontram em next-hop da rede interna, por mac’s de forma a construir um esquema do que está ligado ao router.

O unico senão é que isto, ao correr de 30 em 30 segundos vai causar lentidão ao router. A minha sugestão é que removam totalmente este sistema através dos seguintes comandos:

:hostmgr config state=disabled

:hostmgr saveall

:hostmgr clear

O ganho é cerca de 10% de memória e 20% de CPU no total.

Update 2:

Chamaram-me a atenção para um pormenor especialmente para receptores MEO (que também beneficiam desta configuração):

Não podem ter os pcs de casa com DHCP (coloquem isso com ip fixo) e sobretudo coloquem os DNS da telepac/sapo, senão os pedidos de DNS podem ficar demasiado tempo em espera, sendo consequentemente dropados, apresentado no Windows (blargh) um alerta de conectividade limitada ou inexistente.

Os IP’s de DNS do sapo/telepac são: 194.65.3.20 e 194.65.3.21

Obrigado ao Gomes por este apontamento!!

Update 3:

Powered by Gomes

Atenção que para os utilizadores meo convém fazerem estas alterações com o user sumeo/m30acc355 por causa do nivel de permissões do utilizador.

Sem o nível correcto, as alterações podem não ser efectuadas.

:update 4

A Vodafone activou de novo o IDS na ultima firmware. Se não quiserem um sistema de detecção de intrusões, ou já tiverem outro a funcionar na vossa firewal efectuem:

:ids config state=disabled

:ids clear

:saveall

Be cool

Xupetas

Powered by WordPress